Reserva de emergência

Reserva de emergência: o que é e como fazer

O que reserva de emergência?

Todo mundo que fala sobre finanças fala sobre reserva de emergência. Mas você sabe o que é isso? Ou melhor, você sabe como fazer uma reserva de emergência de forma satisfatória? Leia este post até o final e nós contamos para você!

Nós não podemos prever os problemas que teremos no futuro. Entretanto, nós podemos não sofrer tanto financeiramente quando essas situações surgirem. Para isso precisamos ter uma reserva de emergência. 

Ou seja, um fundo financeiro de onde podemos retirar dinheiro em caso de problemas inesperados. Esses problemas podem ser causados por doença, quebra de algum equipamento etc. 

Por exemplo, se o seu celular quebrar de repente e você precisar de um novo, você pode comprar com uma parte da reserva de emergência. Assim, você não precisará criar dívidas para poder conseguir um produto que, atualmente, é essencial para o trabalho de muitas pessoas. 

Entretanto, é preciso disciplina para garantir que você não vai gastar a sua reserva de emergência em qualquer situação.

Quem deveria ter uma reserva de emergência

Se você está se perguntando se a reserva de emergência é para você, minha resposta é simples: sim. Todo mundo deveria ter um fundo financeiro. 

Isso foi mais do que comprovado pela pandemia da Covid-19. Ninguém estava esperando que algo assim fosse acontecer, mas todo mundo foi afetado. Por isso, quem tinha uma reserva de emergência não ficou tão apertado, mas quem não tinha nada guardado, passou por uma situação mais grave. 

Por isso, se você ainda não separa parte do seu dinheiro com este intuito, comece já. 

Como criar um fundo emergencial?

É difícil dizer quanto cada um deveria guardar para o fundo de emergência. Afinal, a realidade de cada em indivíduo é única. Por isso, é importante que você faça um planejamento dos seus gastos de acordo com a sua realidade e pense – se você gasta tudo o que recebe – o que você pode cortar.

O fundamental é que você consiga fazer uma economia mensal. Além disso, se possível, é importante que todo mês você economize o mesmo valor ou sempre mais.

Portanto, o primeiro ponto para a reserva de emergência é saber quanto você recebe mensalmente e separar todos os seus gastos. 

Veja o que pode ser cortado e efetivamente tente cortar gastos. Além disso,  você pode buscar formas de conseguir uma renda extra

Determinando a quantia a ser economizada você pode removê-la da sua conta corrente antes mesmo de começar os seus gastos mensais. Assim será mais difícil cair em tentação. 

Onde colocar essa renda?

O local mais conhecido para colocar sua renda extra é a poupança. Mas nós sabemos que o rendimento não é tão bom. Portanto, a maioria dos especialistas costumam fornecer como opções o tesouro selic ou o CDB. 

Entretanto, como nós estamos em um momento de crise financeira, vale mais a pena se informar sobre os investimentos de acordo com a sua realidade particular. 

Se você não quiser sair é melhor colocar o valor na poupança e depois mudar do que não poupar. 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra como o Mangos vai
trazer Inovação para a Indústria